Portal da Cidade Vassouras

ACIDENTE

Identificado motorista que morreu na Rodovia do Contorno, em Volta Redonda

Aloísio Watila Maciel Augusto, de 27 anos, foi atingido por um dos veículos na altura do bairro Água Limpa.

Postado em 28/11/2018 às 10:00 |

Aloísio Watila Maciel Augusto, morreu durante acidente grave na Rodovia do Contorno, em Volta Redonda (Foto: Redes Sociais)

Motorista morre carbonizado em acidente entre carro e caminhões em Volta Redonda (Foto: Felipe Silva/TV Rio Sul)

Foi identificado na tarde de terça-feira (27), o motorista do carro que se envolveu em um acidente com dois caminhões na Rodovia do Contorno, em Volta Redonda. Aloísio Watila Maciel Augusto, de 27 anos, foi atingido por um dos veículos na altura do bairro Água Limpa.

O acidente aconteceu na manhã desta terça, na pista sentido BR-393 (Rodovia Lúcio Meira). Após a batida os caminhões pegaram fogo e parte da carga de um deles caiu na pista. O motorista de um dos veículos morreu carbonizado. O outro caminhoneiro, identificado apenas como Gilberto, de 45 anos, segue internado em estado estável no Hospital São João Batista.

Os corpos foram levados para o IML durante a tarde. Os agentes informaram que ainda estão estudando uma possibilidade de conseguir identificar o condutor do caminhão que morreu carbonizado, visto que a arcada dentária fundiu por conta da alta temperatura a que ele ficou exposto.

Sobre a Rodovia do Contorno

A Rodovia do Contorno foi inaugurada dia 8 de dezembro de 2017, após 22 anos do início das obras. A estrada liga a Via Dutra a BR-393 (Rodovia Lúcio Meira) através de um caminho entre o Conjunto Habitacional Vila Rica até depois do bairro Santo Agostinho, desviando o trânsito de veículos pesados do Centro.

Inaugurada com um investimento que passou dos R$ 100 milhões, a Rodovia do Contorno, que recebeu o nome de Prefeito Nelson dos Santos Gonçalves, tem 13 km de extensão. Ela já teve problemas com a sinalização e também já foi registrado diversos acidentes, mas este, do dia 27 de novembro de 2018, é o primeiro com morte.

Deixe seu comentário