Portal da Cidade Vassouras

Três jovens foram assassinados em Barra do Piraí

Crime aconteceu na noite de terça-feira (17), em uma propriedade particular.

Postado em 18/01/2017 às 11:00

Um dos jovens foi identificado como Thalles Oliveira. (Foto: Recebida por whatsapp) (Foto: )

A polícia encontra-se no local, preservando a cena do crime. Devido ao fato de ser uma propriedade particular e respeitando o trabalho da Polícia Civil, não foi possível um melhor registro da cena do crime. (Foto: Bragatto/Portal Vassouras) (Foto: )

Três homens jovens foram assassinados no início da noite de terça-feira, 17 de Janeiro de 2017, por volta das 21h, em uma propriedade particular, na rua Vereador Sebastião de Carvalho, no bairro Areal, em Barra do Piraí, no Sul do Rio de Janeiro.

Os corpos foram encontrados em um morro, próximo a uma vala, pelo proprietário na manhã desta quarta-feira, 18 de Janeiro de 2017, que imediatamente acionou a polícia. O local liga os bairros do Areal e da Roseira.

Os peritos da Polícia Civil encontram-se no local, preservando a cena do crime. Ainda não há previsão para remoção dos corpos.

As vítimas foram identificadas como Talles Moreira de Oliveira Júnior, o vulgo ‘Invisível’ de 18 anos, Hugo de Souza dos Santos, o vulgo ‘HG’ de 20 anos e Carlos Alexandre José dos Santos, o 'Carlinhos Mendigo' de 31 anos.

Devido ao fato de ser uma propriedade particular e respeitando o trabalho da Polícia, não foi possível um registro mais detalhado da cena do crime.

O caso foi registrado na 88ª Delegacia de Polícia e está sendo investigado.

Atualizado às 16:00h - O corpo de bombeiros e a Defesa Civil já removeram os corpos do local, e estes foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) de Barra do Piraí.

Atualizado às 22:00h - De acordo com a 88ª Delegacia de Polícia, a execução tem características de facções criminosas, que comandam o tráfico de drogas na área.

Os três suspeitos de assassinarem os jovens, já foram identificados. Todos eles são da facção CV (Comando Vermelho), inclusive as vítimas. A princípio, todos eram usuários de drogas.

Não foram divulgados os horários dos velórios e sepultamentos pelas famílias dos mesmos.

Fonte: Portal Vassouras

Deixe seu comentário